Universal traz “Arca da Aliança” à Angola

Nacional 1 284

A Igreja Universal do Reino de Deus completa, este ano, 25 anos de presença efectiva em Angola. Por este facto, trouxe à Angola, depois do Brasil, a “Arca da Aliança”, um dos mais importantes símbolos judaico-cristãos, que, segundo dizem, traz consigo, o começo de uma nova história para o país

Diniz Kapapelo

Segundo apurou o Portal Ngola Jornal, Angola é o segundo país, depois do Brasil, a receber este símbolo sagrado, que chegou a Angola na tarde de quarta-feira, 07, e que ficará em exposição permanente no Tabernáculo, localizado em Talatona onde estará aberta à visitas.

Para presenciar a sua chegada, fiéis, governantes e cidadãos angolanos, acorreram ao local (Tabernáculo de Talatona), onde, ao cair da noite receberam a “Arca da Aliança” depois do cortejo de aproximadamente 5 mil pessoas, desde o aeroporto 4 de Fevereiro.

De acordo com o Bispo João António Bartolomeu, a Arca que está entre nós é um objecto sagrado que os filhos de Israel usaram ao longo dos anos e, que hoje em dia, para os cristãos, representa a presença de Deus.

“E a sua vinda à Angola é um acto de grande importância, principalmente, pelo facto de ser o segundo país que recebe a Arca. Depois da inauguração do Templo de Salomão, no Brasil, quis Deus, na Sua infinita misericórdia, que o segundo país fosse Angola e a Arca veio para cá”, explicou o bispo.

Em relação a expectativa deste grande acontecimento, o bispo da Igreja Universal disse que basta olhar para a ‘moldura’ humana que se fez ao local, não só fiéis da igreja, mas outros cristãos convidados.

“Eles sabem o significado deste objecto sagrado, a expectativa é grande e temos fé que a nossa comunhão com Deus, a partir de hoje, começa a ser renovada”, garantiu, acrescentando que a Igreja irá elaborar um calendário para que as pessoas, independentemente de serem membros da Igreja Universal ou não, visitem o espaço para terem contacto com a Arca.

Luan Vilvert, sacerdote do Templo, por sua vez, disse que a Arca da Aliança estará entre os angolanos durante um mês, sem, no entanto, garantir se ela irá às outras províncias do país.

“Dos 200 países que poderiam receber a Arca, Angola teve o privilégio de ser abençoada com a vinda da Arca, porque Deus viu a fé dos angolanos. Deus viu que é um povo que se entrega de corpo e espírito”, esclareceu, dizendo mais adiante que a presença do Altíssimo entrou juntamente com a “Arca da Aliança” e vai fazer, com que os pedidos do povo abençoado de Angola, que os recebeu tão bem, seja honrado e abençoado por Deus.

Os angolanos podem esperar que, ao se depararem com a “Arca da Aliança”, no Tabernáculo, assim como acontecia no passado, onde as pessoas saiam com as respostas para os seus problemas, durante os dias que as pessoas visitarem o tabernáculo, “elas virão aqui de uma forma e sairão diferentes. Com o seu problema solucionado e resolvido mediante a sua própria fé”.

 

Hits: 412

1 Comentário

  1. Marco pastros 30 de Junho de 2017 at 13:37 - 

    Como podem dizer que, Angola recebe a arca da aliança depois de Brasil, se Portugal já tivera recebido em 2014?
    De olhos fixos na Arca

    sedeuropa
    A Entrada Triunfal da Arca da Aliança, pela primeira vez em Portugal, coincidiu com a consagração de 15 pastores e suas respetivas esposas

    No passado dia 31 de outubro, às 22h30, realizou-se na Sede do Centro de Ajuda na Europa, em Chelas, a Vigília da Entrada Triunfal da Arca da Aliança. A reunião foi realizada pelo bispo Júlio Freitas e milhares de pessoas lotaram o salão principal e o auditório auxiliar.

    Uma hora antes do início do encontro, centenas de pessoas já formavam fila para entrar no templo.

    “A Arca da Aliança, para quem não sabe, converteu-se em Arca do Testemunho. E isso acontece quando você e eu fazemos sacrifícios e ofertas, por outras
    bjf
    palavras, materializamos a nossa Fé-inteligente e confiança no Deus-Vivo (2 Samuel 6.13-17). Deus quer que hoje, você e eu sejamos a Arca da Aliança! Quando aceitamos o Senhor Jesus, Ele perdoa-nos, liberta e salva, para fazer habitar em si e em mim o Espírito Santo. Com que objetivo? Disse o Senhor Jesus que aquele que O aceita, Ele o aceita; aquele que O rejeita, Ele o rejeita, significando, então, que você é hoje a Arca da Aliança, que se deve converter em Arca do Testemunho. Mas, não basta ter uma Aliança com Deus, isso é essencial para a sua salvação, tem que haver testemunho (ou testemunhos), para os incrédulos se curvarem perante as evidências de que algo sobrenatural, magnífico, aconteceu na sua vida, o Poder do Deus -Vivo. Hoje, temos a responsabilidade de ser, além da Arca da Aliança, também a Arca do Testemunho”, enfatizou o bispo.

    arca
    “O que garante o nosso futuro de realização e superação em tudo, é manter os olhos fixos na Arca. Ela é um instrumento de guerra, de proteção e, sobretudo, de direção”, concluiu o orador.

    Cortejo da Arca
    A Arca da Aliança foi desenhada por Deus! Dentro dela havia 3 elementos: a Tábua dos 10 Mandamentos (que representava a obediência a Deus); um recipiente com um pouco do Maná (o alimento enviado para sustento do povo, que representava o Senhor Jesus, o Sacrifício) e a Vara de Arão que floresceu e frutificou (representativa da Fé-Viva).

    O cortejo da Arca da Aliança, representando a Presença de Deus, marcou o clima de reverência durante a cerimónia. A Arca, carregada por 1 bispo e 3 pastores, saiu de dentro do Tabernáculo, localizado à entrada do salão principal da Sede da Europa, e percorreu o corredor do salão principal, coberto por um tapete vermelho, até à frente do Altar. Durante o trajeto, foi possível perceber o respeito e a emoção das pessoas que assistiam à cerimónia.

    Consagração de pastores
    Aprovação do ministério por meio da dedicação, obediência, caráter, temor a Deus e amor ao próximo. É este o significado da consagração de 15 pastores e suas respetivas esposas, que aconteceu no decorrer do evento da Entrada Triunfal da Arca da Aliança.

    Galeria completa:

ArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchPortugueseSpanish